English

Futuro

Dubai Correspondente Bancário: financiamento transparente, ágil e humano

por: Luís Felipe e Marcelo Carneiro

Adquirir um imóvel é uma decisão que envolve diversos fatores, tamanho, espaço, localização e principalmente custo-benefício. O alto valor torna quase impossível de se pagar à vista e, para quem precisa de ajuda, o financiamento é a melhor alternativa. No meio desse processo, a Dubai surge para trazer transparência e agilidade na busca pela "casa própria" no Brasil ou nos Estados Unidos.

 

O sonho brasileiro

 

Com a chegada do Plano Real e o fim da hiperinflação, o governo brasileiro conseguiu se desvencilhar de dívidas nas décadas passadas e ajudar o cidadão na realização do sonho da casa própria. E esse ainda continua sendo o grande objetivo da geração atual. De acordo com uma pesquisa realizada em 2018 pela startup MindMiners, cerca de 52% dos brasileiros possuem como objetivo principal a compra de um imóvel.

 

Apesar de dar uma desacelerada nos últimos dois anos, o mercado imobiliário começa 2020 apresentando sinais de otimismo. Essa aquecida se deve à redução dos juros básicos da economia (Selic). Quatro anos atrás, em agosto de 2016, a taxa se encontrava 10 pontos percentuais maior que hoje e de acordo com Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc) este novo cenário pode ser traduzido em um crescimento de até 30% do mercado.

 

Mesmo com os dados positivos, é preciso ter calma e estudo na hora de escolher um financiamento. É cada vez mais comum encontrar instituições financeiras com contratos obscuros e letrinhas miúdas. "Quanto mais convivemos nesse mercado imobiliário mais encontramos processos de financiamento propositalmente mal desenhados", explica Luís Felipe Neiva Silveira, CEO da Dubai. "Eles acabam cobrando taxas não previstas, adicionando uma coisa aqui e outra ali, tornando o financiamento mais caro do que realmente precisa ser".

 

Financiamentos fora do país com agilidade e transparência

 

Fundada em 2011, a Dubai Correspondente Bancário viveu o boom imobiliário que o Brasil possibilitou através do Programa Minha Casa Minha Vida. Hoje ela também possibilita financiamentos (mortgage) nos Estados Unidos, onde cerca de 1,4 milhão de brasileiros moram atualmente, segundo estimativa do Ministério das Relações Exteriores.

 

A empresa está levando para fora a clareza de negociação que é sua marca aqui. "Seja para morar, passar as férias ou investir, possuir uma propriedade fora do país também é o sonho de muitas pessoas e queremos ser facilitadores na concretização dos sonhos desses brasileiros", afirma Luís Felipe.

 

A criação da Dubai surgiu exatamente com esse propósito de trazer transparência para os brasileiros que querem sentir confiança na hora de tirarem os sonhos do papel. Atuam como agente intermediário entre os bancos e os clientes particulares no registro de contrato, cartório, prefeitura e outros órgãos. "É um ramo infelizmente muito promíscuo", explica Luís Felipe. "Cobrar menos taxas, atender prazos e informar clientes de cada passo dado são diferenciais".

 

Ainda de acordo com um levantamento da Abrainc, o mercado imobiliário cresce cerca de 16% a cada ponto percentual na variação da taxa de juros. Esse cenário é o ideal para quem está considerando adquirir imóveis, mas engana-se quem pensa que só é possível financiar dentro do território brasileiro.

 

Até o período de recessão econômica a empresa assinava cerca de 100 contratos por mês em diversos estados como Rio de Janeiro, São Paulo e Distrito Federal. Mas o trabalho do grupo vai além de números e metas: "À nossa maneira, é uma forma  de realizarmos desenvolvimento social. Uma área com construção é um espaço com índice de criminalidade reduzido, geração de renda e mais", conclui Luís Felipe.


Entre em contato com a Dubai através do e-mail:  dubai@dubai-ec.com



Compartilhe

Luís Felipe e Marcelo Carneiro

2Future is a holding company formed by companies focused on supporting the future generations.